Bem vindo ao Site da Mãe Dalva

Mãe Dalva
- Atendimento com Jogo de Búzios e Tarô.
- Traz o seu Amor.
- Afasta a quem te perturba.
- Banhos para Abertura de Caminho.
- Trabalhos para todos os fins.

MÃE DALVA é traçada com o Povo do Oriente (O Povo Cigano) e o Povo Afro, falamos do mundo dos Orixás. Desta forma, a Vidência dela tem permissão dos Jogos de Búzios, que rege o Povo Afro, como o Tarô, que rege o Povo do Oriente. E também tem a permissão da Vidência.

Mãe Dalva transmite a fé que ela carrega em seu coração. Assim como ela tambem carrega a força, de afastar a quem lhe perturba. Venha descobrir quem é seu inimigo oculto. Fique ciente do que os Orixás lhe reservam. Quer abrir os seus caminhos? Acredita na força dos Orixás e nas previsões? Tenha fé.

Na África antiga, Oxóssi era considerado o guardião dos caçadores, pois cabia a eles trazer o sustento para a tribo. Hoje, Oxóssi é quem protege aquelas pessoas que saem todos os dias para o trabalho, para trazer o sustento. Oxóssi também está ligado às artes. Ele está presente no ato da pintura de um quadro; na confecção de uma escultura; na composição de uma música; nos passos de uma dança; nas misturas de cores; na escrita de um poema, de um romance de uma crônica.

A Mãe Dalva é licenciada pela Federação Brasileira de Umbanda.
Suas ações obedecem aos postulados da Federação: I- A existência de um Princípio Criador – DEUS, O Onipotente e Irrepresentável; II- A manifestação trina do Princípio Criador, dentro da visão Naturalista e Espiritualista; III- A Crença nos Orixás dos Cultos Afro-Brasileiros e nas Linhas da Umbanda e do Candomblé; IV- A existência de entidades espirituais, mensageiros das vibrações dos Orixás, ainda em evolução, buscando o aperfeiçoamento; V- A Reencarnação e a Lei do Carma; VI- A existência do Espírito, sobrevivendo ao Homem, em caminho da evolução, buscando o aperfeiçoamento; VII- A prática da mediunidade em suas diversas manifestações; VIII- O Amor, manifestado como Caridade, na palavra e na ação; IX- A afirmação de que o Homem VIVE NUM Campo Vibratório, sendo Ele próprio um Campo Vibratório que o seu Livre Arbítrio comanda, dentro do princípio da natureza trina: Espírito, Alma e Corpo;

Oxóssi (no candomblé, mas oxósse no omolocô) é o orixá da caça, florestas, dos animais, da fartura, do sustento. Está nas refeições, pois é quem provê o alimento. É a ligeireza, a astúcia, a sabedoria, o jeito ardiloso para capturar a caça. É um orixá de contemplação, amante das artes e das coisas belas. É o caçador de axé, aquele que busca as coisas boas para um ilé, aquele que caça as boas influências e as energias positivas.
Oxóssi está na arte em um modo geral, desde o canto dos pássaros, da cigarra, ao conto do homem. Ele também rege o revoar dos pássaros, a evolução das pequenas aves. Oxóssi é a vontade de cantar, de escrever, de pintar, de esculpir, de dançar, de plantar, de colher, de caçar, de viver com dinamismo e otimismo. Oxóssi é a divindade da cultura, passando para seus filhos grandes talentos artísticos, seja no canto, na criação de livros, pinturas etc.

Em primeiro lugar, é importante saber que o candomblé é uma religião panteísta. Esse termo é muito importante para compreensão do candomblé, pois, “panteísmo” significa “Toda Crença em Deus” (do grego Pan + Theo). Esse termo sustenta a idéia de que em tudo há um único Deus. Um Deus que está em tudo, onipresente. Também, a idéia politeísta de – vários deuses representando diversos elementares da natureza. Os Deuses do candomblé são genericamente chamados de Orixás. Genuinamente brasileira, o candomblé é uma religião cujo país de ascendência tem seus adeptos generalizados como “povo do santo”. O candomblé não está presente apenas no Brasil. Existem outros países tais como, Espanha, Portugal, Itália, Alemanha, México, Panamá, Colômbia, Venezuela, Argentina e Uruguai – que abrigam esta religião. No século XVI, as tribos africanas, ainda na África – cultuavam de forma singular um único Orixá. A junção de todos esses Orixás se deu aqui no Brasil com a importação de escravos de diferentes tribos para o mesmo local. Reunidos nas senzalas, os escravos nomeavam um chefe, também negro, responsável por zelar os ritos aos Orixás. Os chefes homens eram chamados de Babalorixás, e as mulheres, Yialorixás.

MÃE
DALVA
Meu pai Oxóssi, vós que recebestes de Oxalá o domínio das matas, de onde tiramos o oxigênio necessário à manutenção de nossas vidas durante a passagem terrena, inundai os nossos organismos com a vossa energia, para nos curar de nossos males! Oração a Oxossi
Vós que sois o protetor dos Caboclos, dai-lhes a vossa força, para que possam nos transmitir todo o vigor e a coragem necessária para suportarmos as dificuldades a serem superadas! Oração a Oxossi

Depoimentos

Muito obrigado Mãe Dalva, não poderia ter outro resultado o nosso encontro. A Vitória voltou a nascer em minha vida! Renato
Oxossi realmente é um guerreiro forte e realizador! Me conectar com ele foi uma benção!! Obrigado. Bruna
Meu marido mudou e voltou a me tratar maravilhosamente bem. Que salvação! Obrigada Mãe! Fernanda
Mãe, é como se a Sra. tivesse expulsado uma energia ruim na minha empresa. Os negócios agora voltaram a fluir, assim como nossa Equipe. Muito obrigado! Carlos